Mercado em pânico: o que fazer?

Atualmente o mercado de capitais está tomado pelo sentimento de pânico, com forte saída de capital estrangeiro e turbulências fortes no cenário político-econômico – no decorrer de um mês, por exemplo, o Ibov já perdeu mais de 10.000 pontos.

Confiram o gráfico do Ibov pelo Google:

Já faz algum tempo que estou ensaiando produzir algum material sobre o assunto…

Infelizmente, uma forte gripe e algumas questões pessoais acabaram atrapalhando um pouco – fiquei sem voz por uma semana. E, pode não parecer, mas é trabalhoso manter um simples blog como este (risos). É claro que mantive a fanpage relativamente atualizada com os fatos mais recentes e relevantes (utilizo como referência na apuração mensal).

Apesar do momento de pânico, não se desesperem:

Confesso que presenciar uma forte desvalorização como esta mexe um pouco com nossa cabeça, mas o tempo nos ensina como o mercado funciona e percebemos que, ao selecionar boas empresas, é possível transformar o momento de pânico para alguns em oportunidade. Vale lembrar que, com o passar do tempo, o próprio rendimento da carteira permite reforçar ainda mais nossas posições. Logo, para Holders, o mais importante são os fundamentos, não o preço de mercado. Aceitem: “Renda variável, varia (risos)“.

Confiram também um vídeo do canal No Radar do Dinheiro:

É evidente que nada impede que traders experientes também tirem proveito do momento. Boa parte dos investidores tem uma atração incontrolável por operações de trade (já fui um), porém é importante lembrar que apenas uma minoria desenvolve habilidade suficiente e conseguem extrair vantagens reais.

Resumindo: MANTENHAM A CALMA E SIGAM FIRMES COM A ESTRATÉGIA!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *