Resultado do mês de dezembro (2017)

Mais um ano está encerrando, repleto de acontecimentos que sacudiram o país. As turbulências foram constantes no decorrer do tempo e há fortes indícios que seja ainda maior no próximo (em função das eleições). Mas, não posso reclamar. Pessoalmente, considero que foi um ano de grandes realizações, oportunidades e aprendizado. Sem muitas delongas, vamos aos resultados.

Em relação ao cenário político-econômico, não há muita novidade. A Reforma da Previdência ainda encontra bastante resistência e a previsão é que seja votada até o dia 19 de fevereiro. Mesmo após aprovar a Reforma Trabalhista, a avaliação de novembro surpreendeu negativamente, fechando com apenas 12.292 vagas formais – considero que ainda é muito cedo para avaliar a eficiência das mudanças. E, aproveitando o assunto (risos), o Governo recuou e editou uma nova portaria sobre trabalho escravo. Aliás, também encerramos o mês com o pedido de demissão do Ministro do Trabalho (Ronaldo Nogueira).

Inúmeros indicadores econômicos sinalizam que o país está mudando sua trajetória de forma positiva, porém, no meu entendimento, o índice de inflação divulgado parece NÃO refletir a realidade, pois está muito distante da realidade de preços de energia, alimentação e combustível (por exemplo). Estranho, não?

Confiram os principais números e acontecimentos sacudiram o país e o mundo:

Coisas bizarras também aconteceram… (risos)

Quando achei que não haveria mais espaço para surpresas, eis que surge o seguinte projeto de lei (totalmente esdrúxulo):

Para variar um pouco, o Bitcoin continua fazendo barulho (algo excelente para especuladores). Há poucos dias, após sofrer ataque Hacker, uma corretora sul-coreana declarou falência. No dia seguinte, um novo ataque foi noticiado. Vale lembrar que a moeda é naturalmente volátil. Mas, depois destes acontecimentos, a cotação caiu bruscamente. Pouco tempo depois, para aumentar um pouco mais o estresse, a Coreia do Sul divulgou que considera proibir transações com criptomoedas. Sinceramente, tenho visto muito investidor assumindo posição de torcedor ou apostador (não costuma terminar bem). Seja qual for a escolha, faça de forma consciente (não fique torcendo).

Felizmente, não fui surpreendido por imprevistos e ainda contei excelentes dividendos.

Finalmente, receberei o primeiro pagamento do Google AdSense (U$ 109,00). Confesso que fiquei um pouco confuso no momento de preencher os dados para transferência eletrônica (é internacional). É preciso informar os códigos IBAN (Número Internacional da Conta Bancária) e SWIFT (Identificação Internacional do Banco). Não fui até a agência para obter os números; ao invés disto, utilizei o aplicativo “Ajuda com IBAN ou SWIFT/BIC“. Ainda não recebi porque leva aproximadamente 5 dias úteis para concretizar a transferência.

Quanto aos investimentos…

O movimento financeiro deste mês foi excelente (talvez o melhor do ano), porém decidi encerrar minha posição no trade que fiz com opções da Petrobras (PETRA85). Não fui muito feliz com o momento que escolhi para montar a posição, e acabei fazendo três trades para diminuir o prejuízo (-9,30%) – deu trabalho (risos). Faz parte, não há como acertar todas. Ainda assim, o resultado mensal superou MUITO minhas expectativas.

Recebi proventos de ITUB3, BBAS3, ABEV3, EZTEC3, BRCR11 (0,471%), FCFL11 (0,485%), PQDP11 (0,410%), KNRI11 (0,548%), RNGO11 (0,559%), SAAG11 (0,637%), GGRC11 (0,697%), MXRF11 (0,613%), KNCR11 (0,618%), HGRE11 (0,621%) e FIGS11 (0,902%). Com a redução da taxa de juros, o desempenho dos FIIs vem apresentando maior atratividade e um ótimo desempenho. A princípio, o “pior” resultado continua sendo do fundo PQDP11, mas isto se deve a expressiva valorização de suas cotas. Decidi exercer o direito/preferência de subscrição, do fundo GGRC11, na proporção de 1/4 do total de cotas que tenho. O rendimento mensal da carteira foi excelente, reforçado com o pagamento de dividendos e JCP de ITUB3, BBAS3, ABEV3 e EZTC3 (FOI O MAIOR DO ANO – Presentão de NATAL de EZTEC3).

Com o rendimento da própria carteira, somado ao capital que me prontifico separar para investir mensalmente, comprei mais ações ou cotas de ITSA3, HYPE3, EZTC3, CRFB3, ABEV3, BRCR11, RNGO11, FCFL11, SAAG11 e GGRC11. O aporte mais expressivo foi para o fundo FCFL11 e o menor para BRCR11. Levando em consideração o dividendo generoso da EZTEC, o segundo maior aporte foi para EZTC3. Nos demais, a distribuição foi bastante equilibrada. Como pude contar com fontes de renda alternativa, rendimentos mais expressivos e 1/3 salário, aproveitei para reforçar diferentes posições.

Confiram a distribuição dos ativos, segundo o portal CEI (NÃO inclui o Fundo DI):

A composição atual ficou assim (gráfico do IrpfBolsa):

Vale lembrar que o gráfico acima representa uma distribuição baseada no custo de aquisição, não no valor de mercado“.

Para demonstrar mais detalhadamente a “evolução” da carteira, compartilharei o resultado do ganho por ativo (em relação ao preço médio):

Papel Preço médio Preço mercado % Setor
ABEV3 18,70 21,40 14,39 Consumo não Cíclico
BBAS3 18,64 32,03 71,80 Financeiro e Outros
BBSE3 27,69 28,38 2,49 Financeiro e Outros
BRCR11 99,74 105,77 6,04 Financeiro e Outros
CRFB3 15,38 15,05 -2,21 Consumo não Cíclico
EZTC3 15,05 21,46 42,54 Construção e Transporte
FCFL11 1607,05 2202,72 37,07 Financeiro e Outros
FIGS11 74,58 91,45 22,61 Financeiro e Outros
GGRC11 122,13 132,00 8,08 Financeiro e Outros
GRND3 20,27 28,50 40,58 Consumo Cíclico
HGRE11 1380,40 1449,00 4,97 Financeiro e Outros
HYPE3 33,03 36,70 11,09 Consumo não Cíclico
ITSA3 8,36 10,55 26,12 Financeiro e Outros
ITUB3 26,84 37,47 39,56 Financeiro e Outros
KNCR11 110,81 102,89 -7,15 Financeiro e Outros
KNRI11 144,01 162,99 13,18 Financeiro e Outros
MXRF11 9,65 9,54 -1,15 Financeiro e Outros
PETR3 9,35 16,76 79,06 Petróleo, Gás e Biocomb
PQDP11 1335,59 3195,99 139,17 Financeiro e Outros
RNGO11 83,90 92,59 10,35 Financeiro e Outros
SAAG11 119,47 127,22 6,48 Financeiro e Outros

Alterações da carteira:
ENCERREI posições em: “FVBI11, TRXL11, EDGA11, AGRO3, FESA4, PTBL3, CARD3 e IVVB11“;
INICIEI posições (como holder) em: “FIGS11, GGRC11, CRFB3 e HYPE3

Conforme exposto em apurações anteriores, fiz um pequeno experimento com um Fundo Multimercado do Banco Bradesco, mas encerrei a posição após o Banco mudar as regras do fundo.

Em um ano, a evolução da carteira de renda variável (incluindo os aportes mensais) foi de 61,90%. Comparado com o ano anterior, o fechamento de dezembro foi ainda mais expressivo. Apesar de tantas turbulências, a performance foi excelente e superou minhas expectativas.

Continuo extremamente SATISFEITO. No entanto, vale ressaltar que é preciso ter consciência que, no curto prazo, oscilações são naturais e esperadas (com movimentos de repique, por exemplo). Dentro de uma tendência de alta, os papeis não se movimentam em linha reta. E prepare-se, o ano de 2018 promete (risos)!

Estou apenas demonstrando o potencial de crescimento, isto não é recomendação de investimento.

Porque você não deveria comparar bitcoin com ações!

Tenho percebido que muitas pessoas estão fazendo uma associação equivocada com ações, por entender que ambos os mercados são especulativos. Mas, as diferenças são grandes, principalmente se levarmos em conta que é possível adotar uma posição como trader ou holder. Li uma resposta no youtube que reflete exatamente o que penso.

Confiram a resposta de Cris Carl no canal do Primo Rico:

1) ninguém investe em apenas uma empresa, ações são diversificadas, então se determinada empresa desvaloriza você ganha em outra;

2) as empresas tem um valor real por si só pois geram valores, produtos,etc. Algumas pagam dividendos e outras tem a valorização real do papel.

3) você pode analisar o desempenho de cada empresa ao longo dos anos e quais as metas esperadas para o futuro. Dificilmente se investe em uma empresa que não tem tido lucro nos últimos anos. Ou seja, as empresas tem um passado que pode ser um indicativo de solidez de mercado.

4) ações valorizam e desvalorizam diariamente, exceto pra quem faz day trade, no meu caso, é investimento para longo prazo, o que não impede que eu venda a ação. No caso específico da Cemig o governo não deixa esta empresa falir, não estamos falando de uma empresa privada qualquer, mas de uma fornecedora de energia. Um exemplo foi o governo emprestar dinheiro a Oi (e tem muita rede de telefonia) para evitar uma futura quebra. Porque isso acontece? Porque as empresas tem e geram valor real, são marcas sólidas e consolidadas no mercado. Tem um nome, um dono, um histórico, reconhecimento, etc.

5) o homebroker não é lento e nunca tive conhecimento de ataques de hackers ao sistema da bolsa brasileira ou de outro país, seria interessante pesquisar sobre essa segurança, porém como investir em ações é ter um papel de determinada empresa existe um registro nacional de cada investidor, então creio que a sensação de segurança seja maior.

Operação em Bolsa com pouco dinheiro!

Você acredita que investir na Bolsa de Valores é uma opção disponível apenas para pessoas ricas? Isto não é verdade, é possível começar investir com pouco dinheiro. O objetivo, como holder, é selecionar boas empresas e acumular ativos ao longo do tempo. Apenas para demonstrar que é possível, resolvi fazer uma operação com custo total de apenas R$ 214,66.

Então, confiram a operação em tempo real:

Uma correção: a corretagem da Modal no mercado à vista é de apenas R$ 2,49

O intuito foi demonstrar a possibilidade de investir mesmo com pouco dinheiro. Apesar de ter exemplificado a operação com excelentes ativos (ITSA3 e BRCR11), isto não é uma recomendação de investimento.

Se você gostou e ainda não conhece muito bem este mercado, recomendo começar pelos seguintes links:
http://aprendizfinanceiro.com.br/awrp/blog/2017/12/09/mercado-de-capitais-conceitos/
http://aprendizfinanceiro.com.br/awrp/blog/2015/12/31/investindo-em-acoes/

Desejo a todos um excelente final de semana!

Dividendos: Um presente da Natal da EZTEC

Hoje cedo, ao verificar “Eventos em Dinheiro Provisionado” (do portal CEI), fiquei surpreso com o saldo provisionado para este mês, pois foi expressivamente superior ao de meses anteriores. Quem surpreendeu foi a EZTEC – não tinha lido o fato relevante sobre o pagamento de dividendos até então.

Contanto com uma conta de reservas de lucros “privilegiada” (pelo que entendi, com aproximadamente um bilhão em caixa), a EZTEC decidiu distribuir generosos dividendos. A empresa pagará R$ 2,67 por ação – um belo presente de Natal! 😉

Como continuo bastante satisfeito com os resultados da empresa, que vem demonstrando grande eficiência, aproveitarei para reforçar minha posição.

Mercado de Capitais: Conceitos fundamentais

Separei alguns vídeos interessantes que tratam os principais conceitos por trás do Mercado de Capitais. Por mais que você conheça ou domine o assunto, recomendo assistir os vídeos – sempre existe um detalhe que desconhecemos ou não recordamos mais. Para quem está começando, o conteúdo é rico em informações, bastante didático e, certamente, vale a apena separar alguns minutinhos.

Os conceitos que serão apresentados, a seguir, são fundamentais para que o investidor compreenda realmente este mercado, conhecendo as regras e ferramentas disponíveis, sem criar a ilusão de lucro rápido e fácil. Infelizmente, boa parte dos investidores (já fiz parte) entram na Bolsa de Valores, pela primeira vez, sem saber de fato como funciona o Mercado de Capitais.

Errar é humano. Mas, pode ser mais inteligente aprender com o erro dos outros! 😉
Antes de entrar na Bolsa de Valores, entenda o que de fato ela é e para que serve!

O primeiro vídeo trata sobre o Mercado de Capitais como um todo e explica detalhadamente o que são ações, tipos disponíveis (ordinárias ou preferenciais), para que servem e as diferenças de mercado (mercado primário, secundário e balcão).

A primeira videoaula é bastante completa. Porém, caso a diferença entre o Mercado Primário e Secundário não tenha ficado claro ainda, sugiro assistir os próximos vídeos:

Perceberam que, diferente da crença predominante, a Bolsa de Valores não é um cassino?
Cada um de nós escolherá como se posicionar: “como JOGADOR (especulador) ou SÓCIO (investidor)“.