Saque do FGTS

Hoje foi a minha vez de iniciar o processo para o saque do dinheiro disponível em conta. Ontem à noite, acessei a área de contas FGTS e selecionei a opção de extrato completo para imprimir e levar até uma agência. Descreverei como foi a experiência.

Caso você encontre alguma dificuldade para acessar o extrato, confira o seguinte vídeo:

No meu caso, existiam dois saques “disponíveis”. Logo de saída, eu já havia confirmado, pelo extrato completo, uma conta inativa (Situação da Conta: I) e outra erroneamente ativa – apesar da consulta prévia indicar que não existiam contas inativas para o meu CPF ou NIS. Na outra conta (supostamente ativa), o problema ocorreu porque houve mudança de razão social após uma cisão (não vem ao caso e não pretendo prolongar porque foi um evento muito particular). De qualquer forma, por saber que uma delas estava com a situação I (inativa) no sistema, fiquei tranquilo.

Para evitar surpresas, resolvi acessar o extrato ontem à noite para imprimir e levar como comprovante… 😉

Pois é, depois disto, quase infartei (risos). A conta que estava inativa havia sumido do “extrato padrão”. Mas, quando cliquei na opção “extrato completo”, fiquei surpreso com indicação de “SAQUE DEP – COD 01 AG … e SAQUE JAM – COD 01 AG …” no dia 10/04/2017 e saldo zerado. De imediato, não entendi. Eu não havia feito nada ainda. A primeira coisa que veio a cabeça foi: “eu não saquei, será que fui roubado?“. Depois de pesquisar um pouco, descobri que esta atualização indica apenas que o saque ficou disponível no dia 10/04/2017, o valor “SAQUE DEP” corresponde ao total dos depósitos e “SAQUE JAM” os juros. Ou seja, não entrem em pânico… É normal.

Conforme comentei anteriormente, a atualização com “SAQUE DEP” apareceu apenas para a conta com situação I. Nada mudou para a outra. Sendo assim, procurei, em minha carteira de trabalho, anotações que comprovassem a cisão. Utilizei o aplicativo de celular CamSanner e imprimi atrás do extrato da conta supostamente ativa. Fiz isto para agilizar no entendimento (para solicitar a liberação) e entregar como comprovante.

O atendimento foi relativamente “rápido”. Felizmente, a agência não estava cheia e tive sorte de ser atendido por um profissional bastante eficiente e prestativo. Expliquei o caso da outra conta (não é muito simples) e ele procurou liberar também. É evidente que o saque ficou disponível imediatamente apenas para a conta inativa. Já o saque da outra conta, ficou agendado para os próximos 5 dias, pois o pedido será avaliado e pode cair na malha fina do Banco.

Acredito que o processo todo levou aproximadamente 40 min para concluir, mas precisei pegar duas senhas: “uma para a triagem do FGTS e outra para solicitar o saque” (incomoda um pouco).  Como não tenho conta na Caixa, solicitei um TED para meu Banco. Caso a outra conta libere (e espero que sim), terei que retornar para solicitar outro saque.

Posso afirmar que foi mais tranquilo que imaginei!

7 thoughts on “Saque do FGTS

  1. Pingback: Resultado do mês de Abril (2017) |

  2. Estava… quase…. morrendo…. aqui… UFA.

    Amanhã vou no banco no primeiro horário pra resolver isso!

    Muito obrigado pela explicação!

  3. Acabei de ver na TV pessoas que foram presas por sacarei o FGTS dos outros no caixa eletrônico. Corri pra ver o meu extrato e lá estava zerado. Quado morri do coração…..mas essa postagem realmente esclareceu tudo. Ufa!! rsrsrs

  4. cara olhei isso de manha pirei kk
    olhei que tava saque de tal valor para dia **/07/2017 e pensei que tivesse sido roubado kk
    mais lendo isso fico mais tranquilo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *