Bolsonaro quer mais mortes no trânsito?

Aproveitando o título do canal do Youtube do “Mamãe Falei“, resolvi compartilhar minha visão sobre o assunto. Já faz algum tempo que pretendo escrever e fico adiando. Vou aproveitar o momento polêmico que surgiu com algumas medidas propostas pelo atual governo.

Dentre algumas alterações como “10 anos para renovação da CNH, alteração no limite de pontos para perda da carteira (de 20 para 40 pontos) e eliminação da multa pela falta da cadeirinha“, a única medida que discordo é referente à isenção do exame toxicológico para motoristas profissionais.

Acredito que existam pontos muito mais sérios que ninguém demonstra um grande esforço para resolver. Se avaliarmos os problemas atuais, não acho pertinente nem a multa da cadeirinha.

Parece inimaginável que alguém pegue o carro depois de ingerir álcool, não é mesmo? Pois é, pode parecer inacreditável, mas ainda há muita gente dirigindo embriagada dentro da cidade e nas rodovias brasileiras também.

E quanto aos acidentes envolvendo motos? No sistema de saúde, já virou caso de calamidade pública. Passem uma noite em um hospital no setor de ortopedia (entrarão em pânico) – impossível não ficar horrorizado. Imagine se você precisar de atendimento porque quebrou um dedo e precisar esperar pelos casos com maior urgência…

E a qualidade do asfalto de nossas estradas?

É fácil ficar brincando de primeiro mundo, desprezando o básico. Não sejamos hipócritas, perde-se muito tempo com questões menores e empurram os grandes problemas com a barriga (deixando sem solução)!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *