Programação de Robôs de trade: Introdução

Dei início a produção de videoaulas, no canal do Youtube, sobre programação de Robôs de Trade no Metatrader5. Para evitar euforia desmedida e ilusão, decidi fazer uma introdução demonstrando e refletindo sobre os riscos reais de cada operação.

Muitas vezes também fico eufórico…
Logo, para puxar o freio de mão, vamos aos alertas:

Nossa mente é traiçoeira… É muito fácil ficar iludido quando enxergamos as “possibilidades” de ganho, mesmo conhecendo os riscos envolvidos. Lidar com a euforia nos lucros é fácil e prazeroso, mas lidar com os prejuízos não é para qualquer um.

Pelo que percebi, na maioria das vezes, quem mais defende operações especulativas ou esquemas fraudulentos (pirâmides) são justamente pessoas com recurso financeiro limitado, mas querem acreditar que podem atuar “profissionalmente” (quando possível) neste mercado e acelerar sua independência financeira. O mais triste é que em quase todos os casos que conheço ocorre o inverso – perdem o que não tem.

Demonstrarei como nossa mente pode ser traiçoeira:

Continuando…

Minha primeira experiência na Bolsa foi complicada. Vi a possibilidade de ganho rápido e fiquei cego. Ganhei muito dinheiro em poucas semanas. Na época, mesmo com pouca experiência, consegui realizar várias operações lucrativas. Era tão frequente que não consegui assimilar que poderia ser apenas sorte. A confiança foi aumentando naturalmente. Conferir o lucro rápido mexe com o emocional. Mas, presenciar um grande prejuízo mexe infinitamente mais (risos). Chegou em um momento que me perdi entre operações como holder ou trader. Foi ladeira abaixo. Vários colegas de trabalho seguiram o mesmo caminho. Sabem quantos obtiveram sucesso? NENHUM!

Voltei para o mercado sem a intenção de especular e estudei mais. O foco principal tem sido a atuação como Holder. No início, não parecia tão vantajoso. Porém, 5 anos depois vi um resultado que, no início, nem imaginei.

Com mais experiência e influenciado por outros colegas, resolvi “especular moderadamente” o mercado futuro. Para variar, a grande maioria fala com muita paixão sobre algo que requer muita frieza – não combina. Alguns destes colegas falam em crescer e atuar profissionalmente. O mais engraçado é que estes argumentos são repetitivos. Novamente, sabem quantos estão com lucros consistentes? NENHUM.

Como tenho compartilhado minha experiência como investidor amador, resolvi dar mais uma chance aos trades, sem perder o foco no B&H. A combinação do controle emocional, disciplina e manejo de risco é algo muito complicado. Nas duas primeiras semanas de operação manual consegui um lucro de R$ 1.500. Porém, na semana semana seguinte, perdi R$ 3.000. Manter o controle emocional tendo que operar em horários picados no trabalho ou no intervalo do almoço é impossível (prejuízo certo).

Desisti de operar manualmente…

Decidi codificar um robô no MT5. O resultado tem sido bom, porém manter o equilíbrio entre lucro/prejuízo não é fácil. Aparentemente, o robô está conseguindo entregar um resultado positivo, mas preciso tomar cuidado para não cair em “game-over” em momentos que o robô não consegue acertar. Pois é. O próximo passo tem sido incluir RNA (redes neurais artificiais). Ainda estou afinando a configuração, usando o FANN (Fast Artificial Neural Network). O grande problema é que, muitas vezes, o mercado não é bem comportado e a inteligência artificial acaba perdendo movimentos que não poderia deixar passar e minha relação risco x retorno fica desvantajosa.

O meu objetivo, caso bem sucedido, é conseguir uma remuneração adicional de carteira – reinvestindo os lucros por B&H.

Para finalizar, recomendo que assistam o vídeo:

Faça as operações de forma consciente! 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *