Reforma da previdência: Você acha injusta?

Pois é, em sã consciência, ninguém quer perder benefícios. Politicamente, seria “mais fácil” e “vantajoso” – ganhando, inclusive, grande apoio popular – ignorar o problema e empurrar para administrações seguintes. Estamos diante de uma bomba relógio. Como o assunto é delicado e está em pauta, resolvi compartilhar mais algumas informações pertinentes.

Na realidade, a grande questão nem é esta…
Aliás, falando em realidade, vejam este gráfico:

Reparem que os dados são do IBGE

Sabendo disto, a primeira pergunta que faço é: “você quer mesmo depender do INSS?

E qual é a previsão futura? Será que o sistema é eficiente?
Para ajudar a responder, separem alguns minutinhos e assistam este vídeo:

Não importa em que você acredita. A realidade é esta. Se você almeja um futuro mais tranquilo, sem sofrimento (justamente na fase de maior vulnerabilidade), faça você mesmo sua aposentadoria. INVISTA!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *